sábado, fevereiro 17, 2018

A PERGUNTA. A RESPOSTA DE JESUS

"... QUE QUEREIS QUE EU VOS FAÇA? ... QUE QUEREIS QUE VOS FAÇA?"
(Marcos 10.36; Mateus 20.32)

Duas perguntas semelhantes feitas por Jesus a homens diferentes: dois deles eram seus discípulos, os filhos de Zebedeu, aliás, os primeiros chamados por Ele; os outros dois eram dois cegos.
As respostas para cada pergunta do Mestre determinou o atendimento ou não do pedido feito.
O pedido dos filhos de Zebedeu tinha a ver com posição privilegiada o que os faria ocupar um lugar especial no Reino. A motivação era o vírus luciferiano do orgulho.
Jesus aproveitou o ensejo para lhes ensinar sobre a humildade. Eles estavam andando com Jesus e ainda não tinham alcançado o que Ele passara para os discípulos sobre isso.
Jesus mostrou que hierarquia espiritual, cargos de confiança no Seu Reino dependem do Pai, da avaliação do Pai. Fica absolutamente a critério do Pai.
O assunto dos filhos de Zebedeu foi uma oportunidade pra Jesus, mais uma vez, mostrar a Sua submissão aos propósitos do Pai. Ele sabia reconhecer até onde ia sua competência. Ele sequer disse que iria interceder pelo pedido deles. Era questão fechada.
Enquanto isso, os dois cegos ao se aproximarem de Jesus e dizerem o que queriam dEle, fez com que Ele se compadecesse deles. Ali não se tratava de posição pública proeminente, e sim de uma necessidade fundamental: eles queriam enxergar!
A resposta foi dada concedendo o que eles pediram. A motivação era justa: necessidade!
Amados, como estão sendo colocados diante de Jesus os nossos pedidos? Temos sido motivados por necessidade real, ou estamos pedindo para ostentação, para nossos deleites? (Tiago 4.3)
Suprir as nossas necessidades é vontade do Pai e como está escrito: "...SE PEDIRMOS SEGUNDO A SUA VONTADE, ELE  NOS OUVE." (1 João 5.14). Jesus afirmou que o Pai supre as nossas necessidades.
Repensemos os nosso pedidos. Vigiemos quanto à motivação do nosso coração. Avaliemos se tudo quanto queremos o objetivo é a glória de Deus. Se assim não for estamos perdendo tempo.
Por isso, a melhor saída é verdadeiramente orarmos no Espírito Santo, pérmitir que Ele nos traga a palavra de oração, depender dEle quando nos dirigimos ao Pai, em nome de Jesus.
E quando não sabemos pedir, deixar que Ele interceda por nós, enquanto, em silêncio, nos prostramos em adoração ao Pai! É maravilhoso!
Aproveitemos a companhia do Amigo Espírito Santo, o que os discípulos e os cegos não desfrutavam, porque Jesus ainda não tinha sido glorificado. Nós somos bem-aventurados! Aleluia!
A Igreja que vai subir é totalmente dependente da vontade do Noivo, que é o seu Senhor.
MARANATA!

sexta-feira, fevereiro 09, 2018

OBEDECER É MELHOR

"COMO FILHOS OBEDIENTES...(1 Pedro 1.14)

Há muitos que ficam a perguntar como fazer para agradar a Deus? É somente ler a Palavra de Deus meu amigo, e ali está explícito tudo quanto devemos fazer para agradar a Deus.
Tudo começa por uma vida de obediência a partir do momento em que nos tornamos filhos de Deus, quando recebemos Jesus (João 1.12).
Muitos recebem a Jesus porém não lhes é ensinado o compromisso de obediência a Palavra de Deus, e sim que de agora por diante todos os problemas deles serão resolvidos, como se Jesus fosse unicamente solucionador de problemas, e de preferência, financeiros.
A Palavra de Deus nos traz muitos mandamentos, ordenanças para os que fizeram o pacto da Nova Aliança no sangue do Cordeiro. Isso é alguma coisa que precisamos repensar cada ano que passa, principalmente.
Por exemplo, Jesus ordenou aos discípulos depois que ressuscitou : "IDE POR TODO O MUNDO É PREGAI O EVNGELHO A TODA CRIATURA." (Marcos 16.15). Todo evangelico sabe de cor e salteado essa ordem, porém, quantos à estão cumprindo? Em uma semana, para quantos pregamos o evangelho? Falamos das boas novas que Ele mandou? Ele, o Senhor Jesus, disse aos discípulos "... QUE EM SEU NOME SE PREGASSE ARREPENDIMENTO PARA REMISSÃO DE PECADOS..." (Lucas 24.47) Quem não obedece a essas escrituras o que pode se considerar? Desobediente.
Jesus antes de ser assunto aos céus falou para os seus discípulos: PORTANTO, IDE, FAZEI DISCÍPULOS EM TODAS AS NAÇÕES... ENSINANDO-AS A GUARDAR TODAS AS COISAS QUE VOS TENHO ORDENADO..." (Mateus 28.19).
Imagine os crentes que passaram o ano ou mesmo anos sem fazer um discípulo o que pode se
considerar? Desobediente.
Outro detalhe importante: o que estamos ensinando aos novos discípulos? A guardar todas as coisas que Jesus ordenou, ou outra coisa diferente, como por exemplo o catequismo evangelico, ou o evangelho do não pode?
E quanto a fazer tudo para glória de Deus? Será que tudo o que fazemos é para glória de Deus? (1Corintios 10.31). A Bíblia diz T U D O.
Outra ordem do Amigo Espírito Santo através da Palavra é: "FAZEI TUDO SEM MURMURAÇÕES E CONTENDAS." (Filipenses 2.14).  Quanta murmuração no nosso dia-a-dia! Deus tenha de nós misericordia com tanta desobediência!
Outra coisa que a Bíblia diz como fazer, sendo cidadão do Reino de Deus: " TODOS OS VOSSOS ATOS SEJAM FEITOS COM AMOR." (1 Corintios 16.14). Sinceramente falando é assim que funciona mesmo? E aquelas coisas que fazemos por obrigação, por causa do compromisso, para que o nosso nome seja anunciado, para nossa autopromoção, para mostrar mais santidade que os outros, enfim?
Meus amados, se não nos abrigarmos inteiramente na graça e na misericórdia de Deus não
chegaremos à casa do Pai.
Glória a Deus que temos um Sumo Sacerdote, um Advogado que tem coragem de se colocar em nosso lugar intercedendo por nós pecadores desobedientes.
Temos também, um Amigo que Intercede pelas nossas fraquezas o Espírito Santo, aleluia!
Amemos mAis e mais a Jesus, contudo, não negligenciamos ao que Ele nos mandou fazer, pois como Ele mesmo falou: "ASSIM TAMBÉM VÓS, DEPOIS DE HAVERDES FEITO QUANTO VOS FOI ORDENADO, DIZEI:SOMOS SERVOS INÚTEIS, PORQUE  FIZEMOS APENAS O QUE DEVÍAMOS FAZER." (Lucas 17.10).
E quem não fez nem o que devia fazer como deve se autoavaliar entre os servos.?
"NÃO POR OBRAS DE JUSTIÇA PRATICDAS POR NÓS, MAS SEGUNDO A SUA MISERICÓRDIA, ELE NOS SALVOU MEDIANTE O LAVAR REGENERADOR E RENOVADOR DO ESPÍRITO SANTO." (Tito 3.5) ALELUIA, GLÓRIA A JESUS!

MARANATA!

sexta-feira, fevereiro 02, 2018

A GUERRA MAIS PERIGOSA

" TU CONSERVARÁS EM PAZ AQUELE CUJA MENTE ESTÁ FIRME EM TI, PORQUE ELE CONFIA EM TI." Isaias 26.3

Nada melhor para nós do que uma mente em paz! Como e bom ter paz interior, pois a paz com Deus reflete em paz conosco mesmo e com o nosso próximo.
É extremamente terrível uma mente perturbada.
Não é somente quem sofre de algum transtorno psiquiátrico que pode ter a mente perturbada, sem paz. É possível que um portador de doença mental tenha paz no seu interior, enquanto alguém que se considera sadio na mente viver em guerra interior.
Quantos que se chamam pelo nome do Senhor vivem uma vida dentro dos moldes do evangelho, noque diz respeito ao exterior, todavia, não tem paz. São pessoas agitadas, estressadas, sem domínio próprio, até mesmo o semblante delas denúncia a guerra que enfrentam.
Amados, como tem sido maravilhoso cada dia quando acordo já estar em minha mente uma música de louvor a Deus! Quão diferente tem sido do tempo em que eu já acordava irritada, nervosa, para enfrentar o dia sem tranquilidade.
Como é difícil viver convivendo com pensamentos ruins, bombardeados por mensagens de frustrações, decepcionados com tudo e com todos, sem acreditar que o melhor pode acontecer.
O nosso adversário tem apostado na nossa derrota influenciando a noss mente. E ele tem alcançado vantagem sobre aqueles cuja mente não está firme no Senhor.
A pessoa que tem a mente firme no Senhor procura cada dia se encher da Palavra de Deus, pois quanto mais estamos cheios da Palavra mais limpo vai ficando o nosso interior. Se o que entra em nós  e domina a nossa mente são as coisas da carne, jamais poderemos ser cheios do Espírito. Se,quisermos ser cheios do Espírito temos que estar cheios da Palavra, pois quem s enche da Palavra se enche de Jesus, se alimenta dEle e vive por Ele (João 6.57).
Um pastor nosso amigo que vive na outra América viveu uma experiência onde o inimigo falava com ele (ele acordado) e dizia que iria dominar a mente dos homens. Mas afirmou em seguida dizendo que só não dominaria a mente que tivesse capacete e óleo.
A segurança da salvação e uma vida cheia do Espírito protege a nossa mente contra os dardos inflamados do maligno, visto que estando cheios da Palavra, a palavra produz a fé, que nos é dada como escudo para nos proteger, aleluia!
A propósito, meu querido leitor, como foi a sua leitura da Bíblia no ano que passou? Quanto cresceu no conhecimento do Senhor através da Sua Palavra?
Infelizmente há muitos que trabalha, tanto para o Senhor com inúmeras ocupações e cargos eclesiásticos, que às vezes só conseguem ler uma mínima porção da Palavra é isso porque tem que falar em uma reunião. Quem não passa tempo com a Palavra não poderá crescer em intimidade com o Deus da Palavra.
Se não armazenarmos os dados na memória do computador, na hora que precisarmos buscar uma informação não a encontraremos. Assim acontece com quem não prioriza a Palavra de Deus, na hora da tentação não encontra a porção certa que servirá de prevenção. Uma mente onde a Palavra domina, tudo quanto vemos, ouvimos sempre nos lembra um texto bíblico.
Por exemplo: ao ver uma árvore que texto bíblico salta imediatamente a sua mente? E ao contemplar um edifício, o que lhe vem à memória ? Sugiro que faça o teste e veja quantas passagens das escrituras estão armazenavas em sua mente.
Não existe outro caminho para termos a mente de Cristo como afirma a Palavra de Deus em 1 Corintios 2 16, se não formos cheios de Deus!
Tentar mostra santidade sem viver os ensinamentos da Palavra para guardar o homem interior, se preocupando somente com as coisas que se veem, é farisaísmo puro, Deus nos guarde.
Façamos a nossa parte meus amados, vigiemos com o que ocupa o nosso cotidiano. Oremos pela aspersão do sangue do Cordeiro em nossa mente, pois o sangue aspergido era para purificar, santificar o povo, como está escrito.
Apeguemo-nos à afirmação da Palavra: "TU CONSERVARÁS EM PAZ AQUELE CUJA MENTE CONFIA EM TI..."
Deus é fiel!
MARANATA!

sexta-feira, janeiro 26, 2018

A LEI DO RETORNO

"O QUE QUEREIS QUE OS HOMENS VOS FAÇAM, FAÇAIS VÓS TAMBÉM." Lucas 6.31

Como o mundo seria diferente se cada pessoa obedecesse ao que diz a Palavra de Deus! Imagine se cada um de nós antes de falár ou agir em relação ao nosso próximo, nos colocássemos no lugar dele, quanta coisa má poderia ser evitada.
Segundo palavras do Senhor Jesus, da maneira como nós queremos ser tratados, devemos tratar o nosso próximo, ou seja, o que eu fizer retornará para mim.
Aplicando à família em especial, cônjuges deveriam se colocar no lugar do outro, tipo, o marido agir e falar em relação à esposa, e vice-versa... Pais e filhos de igual modo...
Em se tratando dos idosos na família, como estamos fazendo? Honrando os anciãos e reverenciando as cãs, ou fazendo brincadeiras e chacotas com os nossos velhos?
A juventude passa, a idade viril também, e sem sombra de dúvida a velhice chegará para todos quantos não tiverem suas vidas ceifadas enquanto mais jovens.
Como estamos lidando com os idosos e suas limitações em família? Os excluindo das conversas? Sem permitir que eles participem das decisões? Impedindo-os de expressar sua opinião? Usando par com eles expressões tais como: isso não lhe interessa... Não é assunto para velhos... Seu tempo já passou...e outras expressões semelhantes que ferem os sentimentos fazendo com que eles se sintam inúteis, indesejados, chegando à melancolia e à perda da vontade de viver.
As igrejas locais precisam atentar para essa classe de pessoas, os idosos, pois os mesmos são colunas de intercessão, somam expériencias valiosas que podem ser transmitidas aos mais novos, são dizimistas fiéis, mesmo quando se acham confinados, enviam os seus dízimos para a casa do Senhor.
A falta de atenção para com os idosos por parte da Igrej local, contribui para que eles sejam presas fáceis do nosso adversário, quando tentados a murmurar, queixar-se, e se tornarem maldizentes, comprometendo assim a eternidade com Deus.
Se faz necessário fazer pelo menos um evento por ano aonde eles, os idosos, tenham prioridade, do mesmo modo como se faz eventos para jovens e adolescente, crianças, mulheres, famílias..
Amados, despertemos, e do mesmo modo como gostaríamos de ser tratados na velhice, busquemos lidar com aqueles que hoje já se encontram no ocaso da vida, mas com a vivida esperança de que a qualquer momento encontrarão o Amado Jesus.
2018 quantos na sua igreja est ano adentrarão ao grupo da terceira idade? Que tal criar um momento para lhes dar um bem-vindo?
Todos no Corpo de Cristo são igualmente importantes, independente de idade cronológica, pois segundo as escrituras, à medida que o exterior se corrompe, se degenera, o interior, contudo se renova dia após dia, aleluia!
"O QUE QUEREIS QUE OS HOMENS VOS FAÇAM, FAÇAIS VÓS TAMBÉM."

MARANATA!

sábado, janeiro 13, 2018

DEUS E O SEU OLFATO

"...NÓS SOMOS PARA COM DEUS O BOM PERFUME DE CRISTO..." ( 2 Corintios 2.15)

O Deus Criador tem todos os seus sentidos funcionando plenamente, maravilha!
A primeir menção sobre o olfato de Deus está no registro bíblico após o dilúvio, quando Noé, ofereceu holocaustos sobre o altar, como está escrito: "E O SENHOR ASPIROU O SUAVE CHEIRO..." (Gênesis 8.21).
Quando Ele ordenou a Moisés acerca dos sacrifícios que lhe seriam oferecidos, a Bíblia registra como os tais eram aroma agradável ao Senhor. O cheiro do incenso era agradável a Deus.
Contudo, quando o povo começou a desobedecer, a entrar pelo caminho da incredulidade, da impureza e da idolatria, Deus usou o profeta Isaías no capítulo primeiro falando da sua rejeição aos tais sacrifícios e que "... O INCENSO É PARA MIM ABOMINAÇÃO... (Isaías 1.13). Já imaginou a situação?
O povo continuava a oferecer o incenso, os sacrifícios e tudo o mais, porém, tudo não passava de ritual, liturgia, sem nenhuma conotação espiritual de fidelidade e obediência a Deus.
Deus gosta de cheiro!
Na instituição do sacerdócio, quando Ele ordenou que se fizesse o óleo santo da unção, o fez com especiarias que exalavam um bom perfume. E o sacerdote ungido, ao passar no meio do povo, o perfume do óleo da unção fazia com que as pessoas se acercassem dele. (Êxodo 37.29).
Jesus foi ungido quando do batismo no rio Jordão o Espírito Santo desceu sobre Ele, conforme está escrito em Atos 10.38. Ele sendo Deus e homem tinha a Unção sobre si para exercer o ministério que lhe fora determinado.
O bom cheiro de Jesus atraia para si as multidões! Todos querem estar junto de alguém que cheira bem, enquanto que todos se afastam daqueles que exalam mau cheiro.
Todos quantos estão na Igreja Corpo de Cristo (eu escrevi CORPO, não evangélicos, cristãos apenas), esses são ungidos por Deus, de igual modo como Jesus o foi. (2 Corintios 1.21).
Dessa maneira todos quantos receberam o selo, o Espírito Santo, são ungidos, e têm a Unção, como está escrito em 1 João 2.20: "VÓS TENDES A UNÇÃO DO SANTO..." E essa UNÇÃO não vive para cá e para lá, absolutamente! "...A UNÇÃO QUE DELE RECEBESTES PERMANECE EM VÓS..." (1 JOÃO 2.27).
Unção tem a ver com ensino X aprendizagem e não com poder, virtude como muitos acham e até pregam. Não podemos ordenar ao povo de Deus que receba a Uncao, muito menos ao pecador,
porque só quem a recebe é o salvo que permanece em Cristo.
Os discipulos receberam a Unção e foram cheios do Espírito Santo.
Se quisermos ser para Deus o bom cheiro de Cristo precisamos estar cheios do Espírito Santo, porque a Igrej que vai subir exala o bom perfume de Cristo par Deus e, por conseguinte, se espalha nós que se salvam e nos que se perdem como está escrito.
Também o incenso que oferecemos, as nossas orações, sobem como aroma suave ao olfato de Deus, e isso tudo se a Unção estiver de verdade em nós.
A Cabeça tem bom perfume, em consequência o Corpo também. Cabeça e Corpo estão unidos não se pode separar. Se estamos no Corpo estamos em Cristo glória a Deus!
Começo de ano é tempo de reflexão: que aroma estamos exalando para Deus? Cheiro suave ou abominação? Somente o Amigo Espírito Santo pode dar testemunho dentro de nós qual a nossa real situação espiritual, porque muitos estão enganados, achando que são bom cheiro tão somente porque os homens os aplaudem e elogia. O testemunho fiel é verdadeiro é o do Espírito.
A Bíblia não mente. Somos ou não o bom perfume de Cristo para Deus?
MARANATA!

sexta-feira, janeiro 05, 2018

TESTE DE PATERNIDADE

"MAS, A TODOS QUANTOS O RECEBERAM, DEU-LHES O PODER DE SEREM FEITOS FILHOS DE DEUS, A SABER, AOS QUE CRÊEM NO SEU NOME." (João 1.12).

Sabemos que nem todas as pessoas são filhos de Deus. Todos são criaturas. (Marcos 16.15).
Para que alguém se torne filho de Deus a condição indispensável é o que diz a escritura no texto acima: receber a Jesus e crê no seu nome.
Estes que preenchem essa condição, são adotados como filhos de Deus: "...A FIM  DE QUE RECEBÊSSEMOS A ADOÇÃO DE FILHOS." (Galatas 4.5).
Como filhos, Deus nos deu o registro dessa filiação, que é o "...ESPÍRITO DE SEU FILHO, QUE CLAMA, ABA, PAI!" (Galatas 4.6).
Todos os que são filhos devem se dirigir a Deus chamando-O de Pai. Não entendo porque muitos se dirigem a Ele com tanto protocolo... Jesus ensinou a orar dizendo, simplesmente, Pai!
A partir do momento em que o Espírito Santo vem habitar em nós, podemos trazer diariamente o teste de paternidade X filiação.
Filhos de Deus têm em seu espírito o testemunho do Espírito Santo, como está escrito: " O PRÓPRIO  ESPÍRITO TESTIFICA COM O NOSSO ESPÍRITO QUE SOMOS FILHOS DE DEUS." (Romanos 8.16). Diariamente a resposta a esse teste é afirmativa? Amém!
Depois, a Palavra nos dá uma outra maneira de tentar a nossa paternidade: " POIS TODOS OS QUE SÃO GUIADOS PELO ESPÍRITO DE DEUS SÃO FILHOS DE DEUS." (Romanos 8.14). E aí? Passamos na segunda prova? Verdadeiramente somos dependentes total do Amigo Espírito Santo? É Ele quem nos orienta em todas as coisas, tipo, comer, dormir, comprar, vender, vestir, calçar, fazer amizades, viajar, descansar, enfim, em tudo? Hummmmmm....
O terceiro teste é sobre a disciplina do Pai para conosco, como está escrito: MAS, SE ESTAS SEM CORREÇÃO, DE QUE TODOS SE TÊM TORNADO PARTICIPANTE, LOGO, SOIS BASTARDOES E NÃO FILHOS." (Hebreus 12.8).
Ei, quando estamos sofrendo alguma dificuldade, luta, aflição, enfim, assumimos que é correção, ou apenas dizemos que estamos na prova? Quantas vezes ouvimos pedidos de oração dizendo que estamos sendo açoitados pelo Senhor? Se não assumimos a disciplina não assumimos também a filiação, não confirmamos que somos amados pelo Pai. E agora? O vírus luciferiano não nos deixa assumir a filiação não é mesmo?
Há também um outro teste para sabermos da nossa filiação com certeza é está escrito: "NISTO SÃO MANIFESTOS OS FILHOS DE DEUS E OS FILHOS DO DIABO: TODO AQUELE QUE NÃO PRATICA JUSTIÇA NÃO PROCEDE DE DEUS, NEM AQUELE QUE NÃO AMA A SEU IRMÃO." (1 João 3.10).
Forte não é? O que dizer daqueles que vivem em litígio uns com outros, em contendas, dissensões, intrigados a ponto de não saudar o irmão com a paz do Senhor? Daqueles que não exercitam perdao na presença de Cristo? Segundo a Palavra os tais são vencidos por Satanás (2 Corintiod 2.10.11).
O amar que a Bilbia diz não é condicional, independe do,comportamento do irmão para conosco, podemos até não vivermos em amizade, porém, amar, amar, amar...como Cristo nos amou!
Amados, a atuação dos espíritos enganadores está muito grande, é só escaparemos se vivermos em
Espírito e, por conseguinte, andarmos em Espírito.
Façamos o teste não aplicando aos outros, mas a cada um de nós...
Jesus vem e somente os filhos de Deus, aqueles que como filhos estão no Filho, subirão com Ele. Cuidado com o ser evangelico, cristão, crente, protestante, enfim, quadre cognome que se usa hoje.
O negócio é saber da relação paternidade X filiação, isso faz toda a diferença.
Não é simplesmente dizer Senhor, Senhor, mas fazer a vontade do Pai.
MARANATA!

quarta-feira, janeiro 03, 2018

AGRADECENDO...

Amados e queridos irmãos a paz do Senhor
Em nome de Jesus venho agradecer por vossa ajuda de oração em favor do PR. Dennis, meu filho.
Para glória de Deus ele está saindo hoje do hospital. Está bem melhor, glória a Deus!
Somente o Todo Poderoso pode vos recompensar.
Minha profunda gratidão a cada um de vós.
Vossa conserva em Cristo Jesus
Lídia
Lucas 14.14